Relatos de Viagem Viajar faz parte!

Os Encantos de Salvador da Bahia de Todos os Santos

Viver_em_flow_os encantos de salvador - Bahia

AH, Salvador! Eis que fomos à Bahia… três (e meio) dias lá. Um esquenta para a viagem maior.

Foi uma benção poder ter ido ao berço do Brasil antes de sair dele.

Fiquei simplesmente encantado com a Bahia. Mas o que eu gostei mais ainda foi a velha cidade da Bahia de Jorge Amado, Caribé e Caymmi, que agora parece estar suspensa no imaginário da cidade, com seus encantos. Você não vê, mas sente que existe algo ali, mais sutil do que a respiração.

Eu tinha muita coisa pra falar sobre a viagem… Mas aí, depois de uma visita chocante com uma face do Pelourinho, cheguei no hotel meio abalado. E após descarregar com um banho e muita reflexão, sentei na cama, sozinho, enquanto minha mulher tomava banho, e escrevi estas palavras:

A Bahia é um lugar de polaridades.
De um lado, carregada com muito sofrimento, carga espiritual e ancestralidade.
Um lugar que a pobreza e a luta pela sobrevivência imediata está estampada em cada lugar, monumento, pessoa que te aborda.
Mas ao mesmo tempo é um lugar lindo e maravilhoso, único.
Um recanto de sentimento onde seu povo, sua cultura e sua natureza são capazes de encantar as mais esdrúxulas criaturas.
Essa mistura faz da Bahia uma terra de artistas, sonhadores e poetas.
Lugar de Deuses tão antigos quanto a própria natureza, pois ela mesma, como natureza, sabe transformar todo o sofrimento em força e alegria.
Viva a Bahia!

 

Escrevi isso e guardei, perdido em algum papel da minha mochila, junto com tantos outros que se acumulam aos montes. Guardei a memória. Já de volta de viagem, à minha rotina, comecei a ouvir Dorival Caymmi enquanto trabalhava, trilha sonora da minha viagem (depois terei que falar sobre o trio Amado, Caymmi, Caribé) e navegando pelos vídeos, caí numa entrevista de jorge Amado… Resolvi ouvir a entrevista. E de repente, Amado me fala isso:

“A cidade da Bahia tem uma dupla realidade.

Tem uma realidade cotidiana, imediata, que [e extremamente dramática. Por que ela é feita de muita pobreza. Aqui na Bahia, a riqueza está muito mal distribuída. Ela pertence a um pequeno grupo de pessoas, e a grande maioria da população é deserdada completamente dos bens, dos valores mais vitais, no sentido material. Por que esse povo tão pobre, esse povo que vive com tamanha dificuldade, esse povo mestiço, resultante da mistura de raças que aqui se processou e se processa, é um povo que tem uma força extraordinária, e que é capaz de superar isso. E supera sempre essa miséria, essa fome, essa opressão, essa vida desgraçada que é a vida cotidiana do povo.

E que constrói beleza e alegria diariamente, e aí está a outra realidade dessa cidade da Bahia, é a sua realidade mágica, que nasce do povo, das tradições populares, que veio das caravelas portuguesas e sobretudo e mais que tudo, nos navios negreiros dos escravos. Essa realidade que está nos atabaques que batem durante à noite, que está nas rodas de capoeira, na música dos berimbaus, que está no samba de roda, que está nos afoxés, que é o carnaval nascendo nas casas de Santo, que está dentro de todo esse mistério, que nasce exatamente da força e do poder do povo Baiano”.

Pois é… Chegamos lá em Salvador vemos, sentimos àquilo que Jorge Amado falava há mais de 30 anos atrás (para ver a entrevista citada, clique aqui), e a vida coridiana difícil e sofrida ainda está estampada na cara da cidade, enquanto uma minoria rica e política domina… Mas o povo Baiano é forte, e como é!

Abaixo, vou colocar algumas imagens do roteiro e vou contar mais da viagem nas legendas.

cam00618

Este é o famoso Farol da Barra! o ponto inicial de Salvador. Atrás tem um mirante com uma vista estonteantemente linda para o mar (do esquerdo para o atlântico e para o direito a entrada da Bahia de Todos os Santos).

 

cam00657_alt

Mais uma vista do Farol da Barra. Tanto do outro lado como deste da foto, a praia é linda! como muitas outras, aliás. Do outro lado é mais amigável para tomar banho de mar. Quando a maré desce, em praias como essas e uma chamada Ondina, os recifes e pedras formam piscinas naturais para tomar banho. Neste tinha pescadores com arpões se preparando para pesca! Olhe ali em baixo…

cam00679

Praia do porto da barra. Outra praia linda! A maioria das praias tem águas cristalinas. Nesta você via o chão, as pedras, os peixinhos, tudo! Tinha vários barquinhos e mergulhadores treinando nesta praia. Ao lado de ruínas antigas, lááá de outras épocas de São Salvador.

cam00731

A vista da entrada do Mercado Modelo, o mercadão central de Salvador. ficamos um pouco desapontados, confesso, pois esperávamos encontrar iguarias, comida, “mercado de peixes”… Como vemos em SP, Rio, Belém. Mas só encontramos artesanatos industrializados (e globalizadas, vindas da china, Tailândia, etc.) e artes todas iguais feitas em grande escala. Mas o Mercado é bonito!

cam00736

Vista do Mercado Modelo e da Bahia de cima do elevador Lacerda. Eu cheguei achando que o elevador era mais turístico, tipo daqueles de shopping (muito mirim, eu…hahaha), mas o elevador mesmo é apenas um elevador comum, que cobra 15 centavos pra subir ou descer, e serve para a própria população ir e vir da cidade baixa para a lata. Lá em ciam tem um mirante, que é de onde tirei essa foto. É legal!

cam00746

Uma das ruas do Pelourinho. São todas (a parte turística) muito coloridas e cheias de gente.

cam00768

É a vista da ladeira mais famosa do Pelourinho. Essa foto foi tirada da Porta da fundação Jorge Amado e, ali no canto esquerdo, vocês podem ver o banner do Michael Jackson na sacada, que foi onde ele Filmou para o clipe com o Olodum! Por 5 mangos você tira uma foto lá.

cam00787

Sem querer, ficamos sabendo da casa do Jorge Amado… eu já tinha visto uma chamada na tv mas não dei muita bola. Chegando na pousada, descobrimos que estávamos a poucas quadras de lá. Essa visita FOI A COISA MAIS INCRÍVEL QUE ACONTECEU! Chegando lá já damos de cara com esse Exuzão aí! Um assentamento do orixá protetor e mensageiro feito na casa para guardar e proteger.

cam00798

Eu não conhecia praticamente nada de Jorge Amado. infelizmente ele não fez parte da minha vida até aquele momento. Foi onde o conheci e me apaixonei. Pelo trio: Jorge Amado, Dorival Caymmi e Caribé. Bom, esse aí é o quintal da casa dele, contruída toda pensada na natureza e em receber amigos. É simplesmente maravilhoso!

cam00801

Andando pelo quintal, existem quisques que mostram vídeos sobre a vida do autor, cada quisque com seu tema. Neste, fala-se da relação de amado com o Candomblé e o povo de Santo da Bahia. Lindo, emocionante.

cam00839

A sala, assim como 95% de tudo, conservada exatamente como ele e Zelia (sua esposa) deixaram. Na mesa tem sua clássica máquina de escrever. Essa casa é incrível… E eu, que adoro arte, fiquei impressionado com tudo que vi… Tem Di cavalcante, tem Miró, Caribé por toda a casa (até porta e portão, além de muitas obras), tem Picassos (e com dedicatórias)… Sem falar que aqui ele Recebeu Sartre, Simone de Beauvoir, Niemeyer, Vinicius de Moraes, Pierre Verger, Chico Buarque, e muitoas outras figuras, além é claro de Caribé e Caymmi.

 

cam00988

A Basílica do Senhor do Bonfim… Muito bonita, com seu cercado de ferro coberto de fitinhas coloridas do Bonfim. Pegamos um pedaço de missa, foi interessante! Salvador é repleto de igrejas. Vale a pena ver esta, mas também as do Pelourinho. Principalmente a de são Francisco, onde a igreja é inteira forrada de ouro por dentro. É muita imponência. Terminamos o dia descendo pela rua atrás da igreja onde dá na divisa da Ribeira com Humaitá. Ali tem um conjunto de bares muito simpáticos chamado Estaleiro. Se forem lá, por favor, experimentem o Pirão de ainpim com Carne seca. Prato da região que nos foi indicado pelo Sr. Everaldo, um simpático motorista do Uber que pegamos até lá!

cam01052

Dentre todas as praias maravilhosas que passamos, uma que nos chamou muito a atenção e nos fez colocar na lista das praias que temos que voltar com certeza, é a praia do Flamengo. É um pouco mais afastada do que as outras, por isso os turistões mais frescos não vão pra lá. é mais da população e Turistas fuções. O conjunto da praia é muito lindo. Fomos de ônibus para lá. 1 horas e 20 minutos de ônibus, mas em compensação passamos por lugares lindos. Essa praia tem açude, tem duna, tem vegetação nativa, tem uma parede de coqueiros de ponta a ponta, areia branca e mar transparente… É realmente um show.

cam01060

Como disse, passamos em muitas praias, e como não poderia ser diferente, não poderíamos deixar de passar (e tomar um banho) na praia de Itapuã, aqueeeela praia das músicas de Caymmi e Vinícius de Moraes. Um marco. tem estátua deles e tudo mais. Tudo bem, essa nova Itapuã, toda reformada e turística, não é mais aquela praia das músicas, mas ainda tá valendo o passeio.

Por enquanto é isso que prentedia comentar da viagem…. Aos poucos vou contando mais. Se quiserem saber mais coisas, podem me escrever.

Se eu souber, eu falo! hahaha

Valeu!

 

You Might Also Like

Sem comentários

Leave a Reply